BARRAGINHAS

Quem vive nas cidades, com água em abundância nas torneiras, talvez nunca tenha ouvido falar de Barraginhas e e quando ouve falar em seca, em desertificação, fica pensando que esse é um problema muito distante de nós. Mas para quem vive no Sertão Nordestino, no Semi-Árido do Brasil, as Barraginhas estão se constituindo numa das mais naturais, acessíveis e maravilhosas soluções de mitigação de impacto ambiental.

Em parceria com a EMBRAPA, o mineiro Luciano Cordoval, Engenheiro Agrônomo, desenvolveu o sistema de Barraginhas, que são construções de miniaçudes ao longo dos sulcos das enxurradas para coletar as águas das chuvas, evitando que elas se percam e lavem o solo, empobrecendo-o, como vinha ocorrendo há décadas. Com o desmatamento intensivo, muitas terras em todo o país ficaram compactadas, diminuindo a capacidade de infiltração de água pelo solo. É como se o terreno fosse um telhado, onde a água da chuva cai e já vai escorrendo, causando a lixiviação, que é a lavagem dos nutrientes da terra. O resultado são solos cada vez mais erodidos, secos e improdutivos.

A água captada pelas barraginhas provoca mais umidade em áreas de baixada, favorecendo o surgimento e enriquecimento de mananciais. Outro aspecto positivo é a revitalização de córregos e rios e o surgimento de minas e nascentes. A conseqüência é a amenização das estiagens e o favorecimento do plantio de lavouras, hortas e pomares. “Isso é sinônimo de sustentabilidade na agricultura, com a geração de mais renda e qualidade de vida para as famílias”, explica Cordoval. A meta após o reconhecimento, segundo o agrônomo, é dar ainda mais visibilidade ao projeto, classificado como tropical por sua amplitude de aplicação. A técnica é milenar nas regiões desérticas e vem sendo aperfeiçoada pela Embrapa Milho e Sorgo, Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Convido aos visitantes a assistirem os vídeos: Aqui, realmente as imagens falam mais que mil palavras:

Primeiro Vídeo – Parte 1


——————————————————–

Barraginhas Parte 2

—————————————–

Barraginhas Parte 3

Assistam, ainda, a entrevista com o “pai” das Barraginhas no Brasil. Com a palavra, o Engenheiro Agrônomo, Brasileiro de Minas, um exemplo de gente que faz a diferença! Isso é um banho de esperança para as populações do Semi-Árido. Meus cumprimentos à Embrapa e ao Luciano, de quem sou fã pelo brilhante trabalho de mitigação que vem fazendo para nossa gente!

Fotos para Download

Barraginhas – Fotos do Projeto – Ano 2006Barraginhas – Fotos do Projeto – Ano 2006

7 Respostas

  1. A China seria muito beneficiada com um projeto deste tipo e deixariam nossas florestas em paz pois precisam ser reduzidas para aumentar a fronteira agrícola e plantar soja para aqueles 2 bilhões de pessoas.

  2. Gostaria de saber tudo sobre mine baraginha,
    se à curso sobre a tal sou do maranhão estou,
    estudando en SP aminha ragião é muito seca
    por já fica perto do piaui, sofremos muito com
    a seca sou estudande técno agricula quero a judar
    uma região muito sofrida e esquecida pela os nossos ,gorvernantes, gostaria de uma ajuda pelo
    amor de Deus, de agd atenção de todos.

  3. Olá Francisco!
    Que bom que você está interessado neste assunto. O que posso lhe indicar é que busque o próprio “pai” das Barraginhas, que é o Luciano Cordoval.
    Se você tem um perfil no Orkut, busque o nome Barraginhas, em Comunidades e lá, poderá receber material e lições do próprio Luciano.

    Há também o Blog das Barraginhas, em

    http://barraginhas.multiply.com

    Desejo sucesso em seu sonho de prosperidade para sua região!

  4. oooooooooooooooiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  5. – Proposta, projeto, parceria e produção.
    Oi..!
    Somos a

    Fa.E.D.c
    Fazenda Ecológica Disparada comercial.
    Administração e Laboratório Orgânico:

    Adm: Nilson Lana Machado – CNPJ nº 00.535.279/0001-08. 04/04/1995.

    Rua maria alves vaz, 77 travessão – Caraguatatuba – cep 11668/300 –
    Fone (12) 3887-7052 – fax: Pb e Cor (12) 3887-7041 – litoral norte – São Paulo – Br
    Rua maria alves vaz, 77 travessão – Caraguatatuba – cep 11668/300 –
    nilson.lana@uol.com.br
    Blog = nilson.lana.blog.uol.com.br
    ———————————————————————————————————————–
    Sede: Estrada do cantagalo, 450 cantagalo cep 11660/490 centro Caraguatatuba SP
    ———————————————————————————————————————–
    *Campanha* @ – Dengue? Você Não encontra por aquí…!@

    Em combate ao inimigo oculto, Benefício das vidas do Brasil e das instituições que cuidam de pessoas que tiveram câncer como eu, lógico sobreviveram as duras penas más ainda estão lutando. Proponho parceria ou necessidade social ou as duas juntas. Estaremos lançando o Multifuncional (vaso) não dengue Orgânico com a “Multitécnica Espelho d’água para Vasos, Hidroponia, Agronegócios e outros” e precisamos de Patrocinadores para produzír 100 Milhões de vasos multifuncionais Não Dengue e divulgar a campanha. Aceitamos parcerias, contatos acima.

  6. – Descrição do projeto: “Inimigo oculto”
    – Campanha: Dengue? voce não encontra por aquí.
    – Lançamento Multitécnica Organica Não Dengue “Espelho d´’agua”.
    Escopo:
    – Público alvo: Milhões de pessoas
    – Local para realização: Lançamento opçional na cidade de Caraguatatuba.
    – Cronograma: Em estudo com Prefeituras.
    Orçamento: Custo dos moldes das logomarcas de patrocínios, produção de 100 milhões de vasos multifuncionais.
    – Oportunidades para o patrocinador:
    Logomarca vínculado ao Site da Fa.E.D, ao Multifuncional
    (vaso não Dengue) na campanha víncula á veiculos de comunicação Visual, Escrita, Digital, Folders, Relises encartes e Ligado ás Instuições favorecidas.
    – Resultados esperados:
    Apelo para o alcance de campanha Nacional para substituição de milhões de vasos comuns.
    – Informações para contato:
    – Site: Fazenda Ecológica Disparada, a mais de 40 anos plantando
    árvores, arbustos, protejendo fauna, flora, nascentes da Mata Atlantica.
    Adm: e multitécnico: Nilson Lana Machado – CNPJ nº 00.535.279/0001-08. – Educando o Sermelhor com a Natureza da mata para não se matarem!.
    – R: Maria Alves Vaz, 77 travessão – Caraguatatuba – cep 11668/300 –
    Fone 55 (12) 3887-7052 – fax: Pb e Cor (12) 3887-7041 – litoral norte – São Paulo – Brasil, a Mata mais rica do Planeta. Viva-a e deixe-a Viver!!!!

  7. Neste ano no periodo da seca ,pretendo construir algumas Barraginhas, gostaria de receber informaçoes sobre elas. Qual o tamanho ideal? Qual a profundidade? No caso de ela nao secar, posso colocar Peixes? muito obrigado e um grande abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: